quarta-feira, junho 6

Prémio Príncipe das Astúrias das Letras para Philip Roth

Joe Ciardello


"Boa tarde - disse Sabbath, e inclinou formalmente a cabeça. - Sou o beneficiário do instinto de construir um ninho de Roseanna e a personificação de toda a resistência que ela encontra na vida. Estou certo que as senhoras tem um companheiro indigno: eu sou o dela. Mickey Sabbath. Tudo quanto ouviram a meu respeito é verdade. Está tudo destruído e fui eu que o destruí. Olá Rosie."    
 Teatro de Sabbath

"Tentar falar sensata e razoavelmente da sua vida parecia-lhe ainda mais falso do que as lágrimas: cada palavra, cada sílaba, era mais uma traça a abrir um buraco na verdade."      
Teatro de Sabbath

"Ela nunca levantava a voz numa discussão. Agora imagine a impressão que isto me fez aos dezassete anos... Em mim, que nunca vira semelhante maneira de abordar uma controvérsia! Ela nunca ridicularizava um opositor! Nem nunca dava mostras de o odiar pelas suas ideias!... A autoridade sem mau génio. A virtude sem autocomplacência. A confiança sem a presunção nem o desdém. Vamos lá ser justos, doutor, e dar aos goyim o que lhes é devido: eles quando impressionam impressionam mesmo."
O Complexo de Portnoy

Artigos no Público e no El País

1 comentário:

  1. Confesso que nunca li nada dele.
    Vou ter que o fazer.
    Um abraço
    Paulo

    ResponderEliminar